Ego Art – Bunuel e sua obscura troca de atrizes

ED93B4D0-5AFD-40CE-8170-CCA7134516F1_imagemempauta2 (1)

Buñuel é conhecido por ser um dos grandes cineastas surrealistas. Alguns de seus filmes são aclamados pela crítica e, de fato, é um dos mais divertidos dos cineastas clássicos. Mas o que pode ter parecido uma de suas genialidades, dizem as más línguas, que nada mais foi do que um contratempo.

Pois bem, alguns devem ter visto o filme Esse Obscuro Objeto de Desejo. Repentinamente, uma das personagens muda de atriz de uma cena para outra e o filme prossegue assim, trocando entre uma e outra, de algumas forma simbolizando as diferentes personalidades da mesma personagem. Quando o filme foi as telas, a crítica achou o recurso genial. Que ousado! No entanto, há quem ache que foi mais um incidente do que propriamente uma de suas invenções.

Ao que tudo indica, a atriz chamada para o papel era, digamos, muito estrela e, dentre outras exigências, não quis fazer as cenas de nudez. Assim, em determinado momento, simplesmente demitiu a atriz. Afinal excêntrico por excêntrico, ele era mais ele. Fez um novo casting  e encenou o restante das cenas com a nova atriz. Porém, o orçamento não permitia a refilmagem das cenas que faltavam. A solução? Bom, o diretor simplesmente utilizou as duas atrizes. E não é que funcionou?

Ora, nada mais apropriado para um diretor surrealista do que se inspirar na realidade e tirar proveito dela. Afinal, o que pode ser mais incrível do que a vida real?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s